Páginas

28 de abril de 2011

Paella Valenciana

   Começo a série de receitas para o Dia das Mães com o pedido de minha esposa Patricia: Paella.
   Nada mais sugestivo, pois uma das histórias da origem do nome desse prato era porque os camponeses da região de Valência partiam para o campo com a panela de arroz, sal e azeite e nela agregavam os ingredientes da caça e legumes da estação - cozinhavam "para ella".
   Isso se deu nos séculos XV e XVI. Posteriormente, o prato foi-se difundindo pela costa espanhola e ganhou também os frutos do mar. Os tomates foram acrescentados após as viagens à América, e o frango ainda mais tarde pois era caro para os padrões da época.
   A preparação da Paella era de competência exclusiva do homem, geralmente o chefe da casa, e era preferencialmente feita ao ar livre, em fogo a lenha e longe da cozinha. Um prato complicado e barroco, rico e generoso cujo conhecimento deveria ser transmitido apenas aos filhos homens.
   Vou começar a ensinar o Tomás desde já.
   Segue uma das diversas receitas:

PAELLA VALENCIANA:

  - 200g de arroz (preferencialmente de grão longo)
  - 500g de frango cortado em cubos
  - 200g de camarões médios, limpos
  - 4 camarões grandes, para decoração
  - 10 mexilhões grandes, nas conchas, limpos e escorridos
  - 1/2 litro de caldo de galinha
  - 50ml de azeite de oliva
  - 4 dentes de alho amassados
  - 1 colher (chá) de açafrão
  - 1 cebola grande, picada finamente
  - 1 pimentão vermelho, cortado em tiras finas
  - 4 tomates sem pele e sem sementes, cortados em pedaços
  - 2 ramos de salsinha picada finamente
  - sal e pimenta do reino a gosto
 
   Aqueça o caldo de galinha e acrescente o açafrão, mantendo em temperatura morna.
   Se não tiver uma paella, utilize uma frigideira grande e pesada. Coloque o azeite de oliva e refogue a cebola e o alho. Acrescente o frango. Adicione o pimentão, deixando algumas tiras para a decoração. Adicione o arroz, mexendo um pouco até que fique regado pelo azeite. Acrescente o caldo com o açafrão e deixe cozinhando em fogo baixo por 15 minutos.
   Numa panela à parte, ferva água e cozinhe os camarões grandes. Escorra e reserve.
   Acrescente os mexilhões e os tomates e continue cozinhando até todos os mexilhões abrirem a casca - descarte os que não abrirem. Acrescente a salsinha e os camarões  médios e deixe no fogo por mais 5 minutos ou até que os camarões fiquem cozidos. Tempere com sal e pimenta a gosto. Acrescente por cima os camarões grandes, as tiras de pimentão e sirva.
  Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário