Páginas

6 de maio de 2011

Crusteles da Ana Maria e da Carla

   Mais uma receita com a colaboração de meus amigos, dessa vez a Carla Schultze e sua irmã Ana Maria.
   Só que eu passei uns 5 minutos gargalhando ao receber o e-mail com o preparo. A Ana passou para a Carla, que me enviou por e-mail. E quando eu abri o arquivo: un scan de um folheto de curso de culinária de uma fabricante de eletrodomésticos...coisa de mais de 20 anos atrás! e que eu me lembrei de também ter feito esse curso. Oopss, claro, as duas meninas são bem  mais novas que eu, certamente eu fiz muito antes...
   O Crustele é uma massa para ser frita e servida polvilhada com açúcar e canela. É de origem italiana, uma espécie de bolinho de chuva, porém muito melhor. Alguns também chamam de crôstoli ou até de "cueca virada". É dessas receitas pra gente fazer numa tarde qualquer e ficar beliscando e jogando conversa fora ao redor da mesa.


 CRUSTELES:

  - 6 ovos
  - 5 colheres de açúcar
  - 1 colher de manteiga
  - licor de Anisete (ou erva doce socada na cachaça)
  - farinha de trigo (o suficiente que dê para amassar)
  - óleo para fritar
  - mistura de açúcar e canela a gosto para polvilhar

   Bata as claras em neve. Junte as gemas, depois coloque a manteiga, o açúcar, e o anisete. Vá adicionando a farinha aos poucos, até obter uma massa meio dura - para abrir com rolo ou cilindro. Depois de pronta, a massa não precisa descansar.
   Abra a massa com o rolo, deixando numa espessura pouco menor que 0,5mm (quanto mais fina ficar, mais crocante) e corte retângulos de mais ou menos 8x4 cm. Faça um pequeno corte no meio do retângulo, sem chegar às bordas e vire uma parte da massa, fazendo uma gravatinha.
   Frite em óleo bem quente. A massa cresce um pouco com a fritura. Escorra e polvilhe com açúcar e canela.

   Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.


   Ah! Olha a pérola: no folheto tem uma dica de "arrumação para presentear". "Encape a tampa de uma caixa de camisa masculina com papel de presente. Forre o interior com papel alumínio. Sobre o papel alumínio, disponha 2 folhas de papel de seda em cores contrastantes com o papel de presente, cortadas com tesoura de picotar. Coloque os crusteles dentro da caixa pronta. Para decorar, arrume sobre os doces pequenos galhinhos de pinheiro tipo tuia, arrematados com laços festivos e pequenas bolas de natal vermelhas. Para finalizar, cubra a caixa com filme transparente (tipo para microondas) ou papel celofane transparente, preso com fita adesiva."

 

Um comentário:

  1. Oi Edu,

    eu sou a Ana Maria da receita acima, Carla é minha irmã. Só umas curiosidades: eu fiz o tal curso (na verdade, você deve ser mais ou menos da nossa idade) e foi um CONCURSO DE NATAL. A receita original era da minha vó, italiana nascida no Brasil. Esta é parecida com a dela. Dá para usar a cachaça sem perfurmar com a erva doce. E o tal enfeite de natal era pro concurso, que aliás a receita levou o honroso 3º lugar, perto das demais o crusteles era simples, mas chique (o famoso menos é mais!). Gosto de cozinhar (a Carla não), portanto me espere mais vezes passeando por aqui.
    beijos de açúcar e canela
    Ana Maria

    ResponderExcluir