Páginas

16 de novembro de 2011

Lagarto à Vienense

   Há certas coisas que não mudam com a passagem do tempo. Uma delas é que os filhos serão sempre crianças aos olhos dos pais. Isso explica - em parte - por que eu ganhei de minha mãe no último dia das crianças o livro Dona Benta, Comer Bem. Pode? Pode, sim.
   Para quem não conhece o livro, sua primeira edição foi em 1940 e atualmente conta a 76a, tendo ultrapassado a casa dos milhões de exemplares vendidos ao longo de sua história. A edição atual conta com mais de 1.500 receitas, além de dicas sobre arrumação de mesa, utensílios, congelamento de alimentos e outras. É uma diversão.
   Aqui vai uma receita que escolhi quase aleatoriamente.

  LAGARTO À VIENENSE:

 Lagarto também é chamado de "posta branca" no Paraná.
  
  - 1 peça de lagarto (mais ou menos 1,5kg)
  - 150g de toicinho defumado
  - 150g de ameixas pretas sem caroço
  - 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  - 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  - 1 colher (sopa) de purê de tomate
  - 1 copo (200ml) de vinho tinto
  - 1 copo (200ml) de água fervente
  - 2 cebolas grandes, cortadas em rodelas
  - 1 dente de alho, espremido
  - sal e pimenta do reino a gosto

   Com a ponta de uma faca, fure o lagarto em vários lugares e tempere-o com sal, alho espremido e pimenta do reino e deixe marinando por 2 horas.
   Pique o toicinho e reserve.
   Dissolva o purê na água fervente e reserve.
   Numa panela grande, frite o lagarto no azeite de oliva até dourar por igual. Retire a carne. Coloque na panela a farinha de trigo, mexendo bem para não encaroçar. Junte novamente a carne e acrescente o purê de tomate dissolvido, o vinho tinto, as cebolas em rodelas e o toicinho picado e deixe cozinhar: 3 horas numa panela comum ou 1 hora na panela de pressão. 15 minutos antes de retirar a carne do fogo, acrescente as ameixas.
   Sirva a carne ainda quente, acompanhada do molho que ficou no fundo da panela.




   Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário