Páginas

29 de novembro de 2011

Sorvete artesanal de Cereja

   Depois da receita do sorvete de vinho, minha amiga Patrícia Giuffrida, que já contribuiu bastante aqui para esse blog, pediu uma receita de sorvete artesanal de cereja. Confesso que é um de meus prediletos também, e me animei a procurar uma receita.
   Essa aqui é um pouco adaptada do que pesquisei por aí.

SORVETE DE CEREJA:

  - 400g de cerejas frescas
  - 200g de açúcar
  - 1 copo de iogurte desnatado
  - 200ml de creme de leite
  - 200ml de leite
  - 1 colher (sopa) de cachaça

   Pique as cerejas grosseiramente e, numa panela, leve ao fogo baixo com metade do açúcar por 10 minutos. Passe numa peneira fina.
   Ferva o creme de leite com o leite e reserve, deixando esfriar.
   Bata no liquidificador as cerejas peneiradas, o restante do açúcar, o iogurte e a cachaça.
   Misture os dois preparos e leve ao freezer em um pote com tampa por 2 horas. Retire do freezer e bata com uma colher ou batedor manual (esse processo evita que se formem aqueles cristais de gelo no sorvete), e leve novamente ao freezer por mais 2 horas e depois repita o processo de bater. Leve finalmente ao freezer e retire alguns minutos antes de servir.


   Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.

24 de novembro de 2011

Sorvete de Vinho

   O clima no mundo todo anda muito instável e confuso. Aqui em Curitiba, especialmente, sempre é cedo para dizer que o calor chegou - e ele nunca chega para ficar, faz sempre uma "visitinha de médico".
   Mas vamos tentar aproveitar a visita inusitada do astro-rei para uma receita bem caseira, muito convidativa e refrescante.

  SORVETE DE VINHO TINTO:

  - 2 xícaras de açúcar
  - 3 caixinhas de creme de leite
  - 10 gemas
  - 500ml de vinho tinto seco (use um vinho que seja bom para beber, não os "de mesa")
  - cerejas em calda para decorar
  - creme chantilly para acompanhar

   Misture as gemas e o açúcar numa tigela. Bata numa batedeira em velocidade baixa por 10 minutos. Junte o creme de leite, misture devagar. Coloque a tigela em banho-maria por 5 minutos, mexendo devagar. Retire do fogo e acrescente o vinho tinto. Leve ao congelador por 2 horas.
   Bata novamente o sorvete com a batedeira até a massa ficar uniforme. Cubra a tigela com papel alumínio e leve ao congelador, deixando até o dia seguinte.
   Sirva acompanhado de cerejas em calda e chantilly.



   Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.




  

16 de novembro de 2011

Lagarto à Vienense

   Há certas coisas que não mudam com a passagem do tempo. Uma delas é que os filhos serão sempre crianças aos olhos dos pais. Isso explica - em parte - por que eu ganhei de minha mãe no último dia das crianças o livro Dona Benta, Comer Bem. Pode? Pode, sim.
   Para quem não conhece o livro, sua primeira edição foi em 1940 e atualmente conta a 76a, tendo ultrapassado a casa dos milhões de exemplares vendidos ao longo de sua história. A edição atual conta com mais de 1.500 receitas, além de dicas sobre arrumação de mesa, utensílios, congelamento de alimentos e outras. É uma diversão.
   Aqui vai uma receita que escolhi quase aleatoriamente.

  LAGARTO À VIENENSE:

 Lagarto também é chamado de "posta branca" no Paraná.
  
  - 1 peça de lagarto (mais ou menos 1,5kg)
  - 150g de toicinho defumado
  - 150g de ameixas pretas sem caroço
  - 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  - 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  - 1 colher (sopa) de purê de tomate
  - 1 copo (200ml) de vinho tinto
  - 1 copo (200ml) de água fervente
  - 2 cebolas grandes, cortadas em rodelas
  - 1 dente de alho, espremido
  - sal e pimenta do reino a gosto

   Com a ponta de uma faca, fure o lagarto em vários lugares e tempere-o com sal, alho espremido e pimenta do reino e deixe marinando por 2 horas.
   Pique o toicinho e reserve.
   Dissolva o purê na água fervente e reserve.
   Numa panela grande, frite o lagarto no azeite de oliva até dourar por igual. Retire a carne. Coloque na panela a farinha de trigo, mexendo bem para não encaroçar. Junte novamente a carne e acrescente o purê de tomate dissolvido, o vinho tinto, as cebolas em rodelas e o toicinho picado e deixe cozinhar: 3 horas numa panela comum ou 1 hora na panela de pressão. 15 minutos antes de retirar a carne do fogo, acrescente as ameixas.
   Sirva a carne ainda quente, acompanhada do molho que ficou no fundo da panela.




   Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.



8 de novembro de 2011

Batatas gratinadas com Cogumelos

   Um dos sons que mais gosto na cozinha é o borbulhar de um gratinado saindo do forno. E quando o som combina com o sabor, fica perfeito!
   Essa receita é de um dos livros da Nigella Lawson, bem leve e simples de preparar.

  BATATAS GRATINADAS COM COGUMELOS:

  - 1kg de batatas médias
  - 350g de cogumelos tipo Paris
  - 450ml de leite
  - 4 colheres (sopa) de vinho branco seco
  - 3 colheres (sopa) de manteiga
  - sal e pimenta do reino a gosto

   Descasque as batatas e corte em fatias finas. Junte numa panela com o leite e o vinho branco, tempere com sal e pimenta a gosto e deixe levantar fervura. Baixe o fogo e deixe cozinhar.
   Pique os cogumelos em fatias finas. Numa frigideira, derreta a manteiga e cozinhe-os até que fiquem macios. Coloque os cogumelos (com o suco) na panela das batatas, misture bem e desligue o fogo.
   Coloque o preparo numa assadeira untada e leve ao forno pré-aquecido a 220graus para assar e gratinar por 45 minutos - ou até que esteja dourado na parte de cima.




   Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.

3 de novembro de 2011

Berinjela à Parmegiana

   Recentemente houve uma controvérsia aqui em casa sobre eu gostar ou não de berinjela. Ganhou o sim, pelo 50% mais um. Então para encerrar a polêmica, aqui vai uma receita fácil de fazer e que pode servir como entrada ou almoço leve.

  BERINJELA A PARMEGIANA:

  - 4 berinjelas grandes
  - 250g de queijo mussarela
  - 2 xícaras de molho de tomate (+ ou - 500ml)
  - 80g de queijo parmesão ralado
  - 15 folhas de manjericão picadas
  - 6 colheres de sopa de azeite de oliva
  - sal e pimenta do reino a gosto

   Fatie as berinjelas em rodelas de mais ou menos 0,5cm. Pincele os dois lados das fatias com azeite de oliva e coloque-as numa assadeira grande, numa única camada. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Leve ao forno pré-aquecido a 200graus por 15 minutos.
   Cubra a berinjela com o manjericão, a mussarela e o molho de tomate e polvilhe por cima o parmesão ralado. Asse por mais 20 minutos ou até dourar e borbulhar. Deixe esfriar um pouco antes de servir.


  
   Prepare com o coração. Deguste em boa companhia.