Páginas

24 de fevereiro de 2015

Grimbergen Tripel

  Uma ótima cerveja para brindar ao final de um dia de trabalho e chuva intensos como hoje. Três bênçãos, entre outras tantas a celebrar sempre.
  O nome da cerveja vem de uma Abadia fundada no ano de 1128 por St. Norbert of Xanten, na cidade de Grimbergen, na Bélgica. Era originalmente produzida pelos monges locais, e sua receita foi repetida através dos séculos. Por ocasião da invasão francesa ao final do século XVIII as atividades cervejeiras foram interrompidas no mosteiro.
  Muito tempo depois, com a reconstrução e restauração do mosteiro, a produção dentro dele não foi retomada, mas comprada de cervejeiros locais que reproduziam a receita dos monges mantendo o nome Grimbergen. E toda essa história foi literalmente engolida ao longo do tempo pela expansão das grandes corporações cervejeiras. Hoje a Grimbergen é produzida em duas localidades: na cidade de Aken, na Bélgica, onde é comercializada pelo grupo Heineken sob licença do grupo Carlsberg, que por sua vez é responsável pelo marketing da marca fora da Bélgica e ainda por um site de produção na França. Entendeu? É uma ótima ilustração do mercado cervejeiro atual...
  Mas vamos à ela.
  Vertida na taça, apresentou um visual muito bonito. Coloração dourada, brilhante e límpida. Formou uma espuma densa e branca de longa duração e que teceu um lindo véu nas paredes da taça.
  O aroma é um desafio! A primeira impressão é condimentada e picante, com bastante álcool. Segue com frutas secas, cítricas e um herbáceo bem perceptível. Tudo muito bem equilibrado. Com o aumento da temperatura os aromas tornam-se ainda mais complexos, e a base de malte também fica perceptível. Tudo isso inserido com muita delicadeza.
  No sabor, mais uma explosão: condimentado e com um amargor já no primeiro gole, com seus 9,0% de álcool bem perceptíveis. O adocicado do malte se faz presente juntamente com frutas secas e especiarias, com um final muito bem equilibrado. Corpo médio e um pouco licoroso. Retrogosto suavemente doce, porém ainda quente e aveludado na garganta com a potência alcoólica.



  Para harmonizar, eu usaria essa base de ervas e a potência alcoólica junto a uma massa com molho pesto. Acho que ficaria incrível!


  Serviço:
  Grimbergen Tripel
  Belgium Tripel
  9,0% ABV
  País: Bélgica
  Garrafa de 330ml, servida no cálice/goblet



 Dê seu pulo: beba cerveja de verdade. Em boa companhia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário