Páginas

4 de março de 2015

O Grande Encontro - Tupiniquim / Colorado / Nøgne Ø

  O nome dessa cerveja - assim como o resultado dela - é uma síntese do mercado de cervejas artesanais: encontro, colaboração, competência, amizade.
  A Quadrupel "O Grande Encontro" é uma produção colaborativa entre as cervejarias Tupiniquim (RS), Colorado (SP) e Nøgne Ø (Noruega). Isso mesmo: cervejeiros de dois estados do Brasil juntamente com um da Noruega produzindo uma excelente breja para nós. Como escrevi ali no início, entre os cervejeiros artesanais não existe essa onda de concorrência - um entra na fábrica do outro, trocam receitas, experiências, buscam o melhor para os consumidores da boa cerveja. Sem mimimi sobre competição, segredo industrial ou afins,elas não brigam entre si por espaços nas prateleiras ou nos corredores dos mercados, mas lutam juntas para que nós consumidores possamos beber melhor.
   A Nøgne Ø é uma cervejaria Norueguesa, fundada em 2002 e cujo nome pode ser traduzido como Ilha Nua, e foi escolhido de um poema clássico do século XIX daquele país (segundo seu site oficial). Ela produz diversos rótulos, entre os quais o "Dark Horizon 1st Edition", uma Russian Imperial Sotut vencedora do World Beer Cup em 2008. Diversos rótulos dela estão disponíveis no Brasil.
  A Colorado é uma das pioneiras no Brasil em cerveja artesanal. Para mim, uma das mais queridas. Fundada em 1996, tem uma história linda de abrir um mercado quase inexistente em nosso país, e também se caracteriza por utilizar ingredientes tipicamente brasileiros em algumas de suas receitas, como café, mel, rapadura e castanha do Pará. Dispensa maiores apresentações.
  Já a Tupiniquim é a caçula das três - sua fundação oficial é de 2013, mas já chegou "apavorando" o mercado, com ótimas cervejas e levando o título de Melhor Cervejaria da América do Sul no South Beer Cup de 2014.
  A cerveja é do estilo Belgian Quadrupel, um estilo mais escuro, rico em aromas e com um volume de álcool bastante elevado.
 Hoje eu aproveitei meu dia de folga e também preparei o rango da harmonização - risoto de gorgonzola e nozes.
   A Grande Encontro é envelhecida em barris de carvalho. Na taça, mostrou uma coloração vermelho-escura, brilhante, com uma espuma bege e suave e de média duração. Aroma com notas de ameixas e um com amadeirado bem sutil. Sabor levemente adocicado e tostado, com corpo médio e um pouco leve para o estilo. 
  Para uma Quadrupel, faltou um pouco da temperatura do álcool e um pouco mais de corpo. Ótima para o estilo apesar da falta de álcool.
  Combinada com o prato, mostrou-se uma deliciosa harmonização!




Serviço:
  Tupiniquim / Colorado / Nøgne Ø
  Belgium Quadrupel
  8,5% ABV
  País: Brasil
  Garrafa de 310ml, servida no cálice


 Dê seu pulo: beba cerveja de verdade. Em boa companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário